Quem sou eu

Minha foto

Formado em Computação, desenvolvedor web, interessado em tecnologia, metaleiro e um gamer inveterado.

Pesquisar

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Django 1.7 - Getting Started!

Saiu a versão tão esperada do Django, a 1.7.

Algumas novidades importantes antes de começarmos:

  • Suporte ao python 3.3.
  • Retirou o suporte ao python 2.6.
  • Sistema de migração de banco nativo ( integração com South ).

Vou tentar registrar aqui o que tive que fazer para iniciar um projeto e conforme for surgindo as novidades vou atualizando o post.


Como instalar uma nova versão do Python:



Bom pra começar, eu tinha o python 2.6 e por isso precisei atualizar. 

O ambiente que utilizo é windows 7 e uso uma máquina virtual com o Vagrant para rodar os projetos. Para futuras referencias abaixo, tudo será feito dentro do terminal do vagrant. Para mais informações: 

Para este início, vou instalar a versão 2.7.8 do python. Para isso faça o download em algum lugar do source e instale com os comandos abaixo:
wget https://www.python.org/ftp/python/2.7.8/Python-2.7.8.tgz
tar -xvf Python-2.7.8.tgz
cd Python-2.7.8/
./configure
make
sudo make install

Caso não tenha o make instalado, era o meu caso, utilize o comando abaixo e posteriormente a instalação conclua os passos acima.
sudo apt-get install make


Como criar o virtualenv com o python recém instalado:



Para criar o ENVo comando é o mesmo visto nos links acima:
virtualenv --no-site-packages --unzip-setuptools django17 --python=/usr/local/bin/python2.7

Aqui tive outro problema: A versão do virtualenv que tinha, não era compativel com o python 2.7. Portanto tive que atualizar  o virtualenv também:
sudo pip install virtualenv --upgrade

Depois de instalado, o comando ficou:
virtualenv-2.6 --no-site-packages --unzip-setuptools django17 --python=/usr/local/bin/python2.7

No comando acima vale prestar atenção na versão do virtualenv chamado e no parâmetro python passado ao sistema indicar o caminho do python desejado.

Com o ENV chamado django17 criado, vamos agora instalar as dependências que nosso projeto precisa, primeiramente ligue o env:
. django17/bin/activate

E instale o que desejar usando o pip, como por exemplo:
pip install django
pip install MySQL-python
pip install sorl-thumbnail==11.12.1b

A versão da sorl.thumbnail foi especificada pois a final ainda não tem compatibilidade com o Django 1.7, por isso instalei a beta.




Ajustando o settings para rodar o projeto



Achei que o settings.py nativo veio bem mais enxuto, e por hora mudarei apenas duas configurações:
LANGUAGE_CODE = 'pt-br'
TIME_ZONE = 'America/Sao_Paulo'

E no fim do arquivo adicionarei a importação das configurações que farei a sobreposição para rodar o projeto local:
try:
 from local_settings import *
except:
 pass


Criei um arquivo chamado local_settings.py no mesmo diretório do settings.py com as seguintes configurações:
# coding: utf-8
SITE_URL = 'http://localhost:8000'
DATABASES = {
 'default': {
  'ENGINE': 'django.db.backends.mysql', 
  'NAME': 'django17',        
  'USER': 'root',    
  'PASSWORD': '',    
  'HOST': '',    
  'PORT': '',    
 }
}

DEBUG = True
LOCAL = True
USE_TZ = False

if not DEBUG:
 ALLOWED_HOSTS = ['localhost',]

Ajuste neste arquivo as configurações necessárias, como DEBUG, acesso ao banco, etc.

Não se esqueça de criar uma database com o nome especificado a seu gosto no SGBD de sua preferência.


Criação das tabelas:



Para criação das tabelas padrões do django, utilize o comando abaixo. Ele será usado sempre que for instalar uma aplicação, tendo esta migrações ou não.
./manage.py migrate




Criar o super usuário do Admin:



Agora nesta versão,  o migrate (antigo syncdb) não cria mais um super usuário para o administrativo. Você deve fazer isso manualmente com o comando:
./manage.py createsuperuser

E preencha conm seu usuário, email e senha, da mesma forma que era feito antes.


Como realizar migrações dos models com makemigrations / migrate



Pra quem já utilizava o South , não terá muita dificuldade em mudar para o sistema de migração nativo que a versão 1.7 ofecere.

Para uma nova aplicação ou qualquer mudança feita no models de uma aplicação o procedimento é o mesmo:
./manage.py makemigrations debug


E depois rode novamente o migrate, passando ou não sua app:
./manage.py migrate debug




Para rodar o projeto:



Para rodar o projeto execute o comando abaixo. Ele rodará servidor e porta padrão do ambiente desenvolvimento: localhost:8000. Para mudar o servidor e/ou porta basta especificar o desejado a frente do parâmetro.
./manage.py runserver




Novidades do admin:



  • Agora é possivel alterar algumas configurações do admin sem ter que sobrepor templates. Em qualquer arquivo admin.py dentro da sua aplicação utilize o código abaixo:
# coding: utf-8

from django.contrib import admin

admin.site.site_header = u"Administração do Site"
admin.site.index_title = u"Administração do Site"
admin.site.site_title = u"Site de Administração do Django"



  • Agora os botões com cantos arredondados utilizam a propriedade border-radius do CSS ao invés de GIFs.
  • No changelist, agora as células tem uma classe CSS chamada field-<field_name> para facilitar customizações.
  • Além da sintaxe admin.site.register existente , você pode usar o decorador novo register() para registrar um ModelAdmin.
  • Agora é possível  especificar ModelAdmin.list_display_links = None desativar links na grade página de listagem.

Chamar métodos customizados do Queryset pelo Manager


class FoodQuerySet(models.QuerySet):
    def pizzas(self):
        return self.filter(kind='pizza')

    def vegetarian(self):
        return self.filter(vegetarian=True)

class Food(models.Model):
    kind = models.CharField(max_length=50)
    vegetarian = models.BooleanField(default=False)
    objects = FoodQuerySet.as_manager()

Food.objects.pizzas().vegetarian()


Veja estas e outras dicas interessantes sobre tudo que mudou para esta versão no link oficial:
https://docs.djangoproject.com/en/1.7/releases/1.7/

hasta!